Categoria: Sem categoria (page 1 of 13)

Foz do Iguaçu: conheça uma das maravilhas do mundo

Foz do Iguaçu é uma cidade muito conhecida, especialmente pelas Cataratas do Iguaçu e pela Hidrelétrica Binacional de Itaipu – uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo.

A natureza do local é exuberante, tornando cada minuto de sua viagem para Foz do Iguaçu ainda mais especial e inesquecível.

Com este post do ViajaNet, você vai descobrir algumas dicas que podem fazer dessa uma das melhores experiências de sua vida!

Fique ligado e confira agora informações indispensáveis para quem deseja viajar para Foz do Iguaçu!

Guia de Foz do Iguaçu

Onde fica a incomparável Foz do Iguaçu

Localizado no extremo oeste do Paraná, o município de Foz do Iguaçu fica na região Sul do Brasil.

Além disso, é interessante citar que o município está localizado a cerca de 600 km da capital do estado, Curitiba, e a cerca de 800 km de São Paulo.

O turismo da região costuma trazer, aproximadamente, mais de um milhão de visitantes por ano para conhecer as belezas naturais e materiais de Foz do Iguaçu.

Como chegar à Foz do Iguaçu

Por estar localizada justamente na divisa entre Brasil, Argentina e Paraguai, é possível chegar até lá de diferentes maneiras.

Adquirindo passagens aéreas para Foz do Iguaçu com o ViajaNet, você consegue chegar ao destino partindo de diferentes cidades.

Indo de carro pelo Brasil, o acesso é feito pela rodovia BR-277; já na Argentina a principal rodovia para chegar à Foz do Iguaçu é a Ruta Nacional 12; e, no Paraguai, é a Rota 7.

Já para aqueles que preferem viajar de avião, especialmente pelo conforto e rapidez do trajeto, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu pode ser a melhor opção.

O que fazer na incrível Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é um destino capaz de conectar as pessoas com a natureza de uma maneira sensacional.

Ao viajar para este destino, existem diversas atividades que podem ser realizadas, uma mais surpreendente do que a outra.

Confira agora quais são os principais passeios que podem ser realizados em Foz do Iguaçu e aproveite suas férias da melhor maneira possível e com muita aventura e diversão!

1. Conhecer as estonteantes Cataratas do Iguaçu

Incrível, inesquecível, estupendo, extraordinário e sensacional são apenas algumas poucas palavras que podem descrever a beleza das Cataratas do Iguaçu.

Com uma biodiversidade encantadora, é simplesmente IMPOSSÍVEL viajar para Foz do Iguaçu e não conhecer as Cataratas.

Sendo considerada como uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, é o passeio perfeito para todos que amam apreciar a natureza e suas incríveis paisagens.

2. Se admirar com o Parque das Aves

Localizado próximo às Cataratas do Iguaçu, o Parque das Aves é surpreendente.

Contando com mais de 1.320 aves no espaço, o parque é simplesmente deslumbrante e apresenta cerca de 140 espécies diferentes para o deslumbramento do público.

Tucanos e araras são algumas das aves que vivem no local, proporcionando uma experiência inesquecível para todos os turistas que visitam o local.

3. Se surpreender com a Itaipu Dam

Considerada uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo, Itaipu é um passeio que ficará eternamente em sua memória.

Estabelecida no sétimo maior rio do mundo, entre Brasil e Paraguai, ela é recordista mundial em geração de energia.

O passeio pela usina vale muito a pena, especialmente para quem gosta de admirar os grandes feitos da engenharia!

4. Visitar o Marco das Três Fronteiras

Como o próprio nome diz, este é o local que marca exatamente o encontro da fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai.

A Praça das Três Fronteiras é incrível e proporciona momentos inesquecíveis ao lado de pessoas queridas, especialmente com o espetáculo das águas.

Além disso, no Marco das Três Fronteiras, é possível experimentar o melhor da culinária regional e aproveitar ao máximo o que o destino pode lhe proporcionar!

5. Apreciar a natureza no Parque Nacional do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu é um lugar surpreendente. Encantador em cada detalhe de sua natureza, a estrutura do local é ótima e atende bem às necessidades do público.

Com trilhas cheias de aventura e passeios espetaculares, o parque ainda conta com diferentes atrações, como a própria visita às Cataratas.

Não deixe de visitar o parque ao viajar para Foz do Iguaçu e se divirta muito!

6. Ficar estupefato com a Garganta do Diabo

A Garganta do Diabo é uma das quedas d’água mais sensacionais que você verá na vida! Contando com 150 metros de largura e 80 metros de altura, a experiência de conhecer a Garganta do Diabo é simplesmente singular.

Visitar o local ao viajar para Foz do Iguaçu é um passeio obrigatório, especialmente devido à beleza e dimensão das Cataratas.

Sentir a presença e a força da natureza na Garganta do Diabo é algo muito apreciado pelos turistas que conhecem o local, sendo uma das melhores experiências de suas vidas!

7. Conhecer o famoso Templo Budista

Lindas estátuas, belíssimas esculturas e uma arquitetura singular compõem um dos lugares mais incríveis para conhecer em Foz do Iguaçu.

O Templo Budista é perfeito para fazer um momento de meditação e relaxamento, especialmente pela paz proporcionada no local.

A entrada é gratuita, permitindo ainda mais economia em sua viagem. Além disso, por ser um ambiente religioso, alguns visitantes citaram a importância de se atentar às roupas escolhidas para conhecer o local.

8. Se encantar com a Mesquita Omar Ibn Al-Khatab

Sendo mais um grande exemplo da diversidade cultural encontrada em Foz do Iguaçu, a Mesquita Omar Ibn Al-Khatab é simplesmente incrível.

Para visitar o ambiente interno do local, alguns visitantes relataram que é necessário vestir roupas típicas árabes e aguardar pelo horário agendado, sendo uma experiência muito interessante.

Além disso, existe uma loja com produtos árabes próxima à mesquita que oferece produtos diferentes e com um preço muito amigo!

9. Visitar o incrível Museu de Cera Dreamland

O Museu de Cera Dreamland oferece a incrível experiência de conhecer de perto celebridades como Tom Cruise e Elvis Presley!

Os bonecos de cera são reproduzidos em tamanho real das personalidades e dos personagens mais famosos e queridos entre o público.

Visitar o Museu de Cera Dreamland é uma atração imperdível em Foz do Iguaçu, especialmente quando a viagem é em família!

10. Ficar deslumbrado com o Refúgio Biológico Bela Vista

O Refúgio Biológico Bela Vista é mais uma opção para quem vai viajar para Foz do Iguaçu e quer aproveitar o máximo possível do contato com a natureza.

Considerado como “imperdível” por muitos turistas, o passeio proporciona muitas aventuras e sensações indescritíveis.

Uma dica importante ao visitar o local é levar repelente, água e protetor solar. Assim, será possível aproveitar o passeio com tranquilidade, absorvendo o melhor de cada momento!

Dicas infalíveis para uma viagem perfeita para Foz do Iguaçu

Ao arrumar as malas e se preparar para uma viagem, existem alguns itens que são essenciais e indispensáveis.

Confira na lista abaixo algumas dicas que podem facilitar muito a sua estadia em Foz do Iguaçu e tornar cada passeio ainda mais especial!

  • Não se esqueça de levar protetor solar;
  • Use roupas confortáveis e tênis, especialmente nos passeios em parques que podem exigir uma caminhada;
  • Leve um repelente sempre com você, considerando que a maioria dos passeios envolve bastante contato com a natureza;
  • Programe-se para visitar um dos países vizinhos para uma viagem ainda mais especial e não se esqueça de levar seus documentos – especialmente, RG ou passaporte!

Vida noturna em Foz do Iguaçu

A vida noturna em Foz do Iguaçu oferece diversas opções de restaurantes e bares com música ao vivo para os visitantes.

Devido às diversas atividades que podem ser realizadas durante o dia envolvendo caminhadas nos parques, a noite costuma ser mais tranquila.

Já em Puerto Iguazú, na Argentina, você também pode encontrar diversas atrações e restaurantes que servem ótimas carnes.

Não deixe de explorar ao máximo Foz do Iguaçu ao viajar para este destino e desfrute de cada detalhe durante o dia e também durante a noite!

As melhores opções de hospedagem em Foz do Iguaçu

Com opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, existem diversos hotéis em Foz do Iguaçu que podem atender perfeitamente às suas necessidades.

Ao escolher um hotel mais próximo do centro da cidade, é possível ter muito mais conforto e comodidade especialmente na locomoção.

Além disso, se hospedar próximo ao centro também pode ajudar na economia para aqueles que preferem não andar de táxi pela cidade, por exemplo, e o Hotel Bourbon é uma ótima opção!

Uma outra opção de hospedagem que oferece ótimos hotéis é a Avenida das Cataratas. Sem muitos comércios na região, essa é uma boa pedida para quem está de carro e quer escapar da movimentação intensa que o centro da cidade pode apresentar.

O San Juan Eco Hotel é uma ótima opção para quem busca conforto. Com piscina e um preço excelente, suas férias poderão ser ainda melhores!

O que comer em Foz do Iguaçu

A gastronomia de Foz do Iguaçu é simplesmente maravilhosa.

A diversidade cultural na região é muito grande, gerando uma mistura de temperos capaz de criar os mais deliciosos pratos.

Uma das culinárias mais apreciadas na região é a libanesa, sendo que restaurantes dessa gastronomia costumam atrair muitos clientes.

Entre os pratos típicos da culinária de Foz de Iguaçu, alguns que se destacam são o dourado assado – peixe de carne muito saborosa, pirá de Foz, feito à base do peixe chamado de surubim –, molho de gengibre, arroz com espinafre e purê de aipim.

Ao viajar para Foz do Iguaçu, você simplesmente NÃO PODE deixar de experimentar os pratos locais – a explosão de sabores é inesquecível!

Clima em Foz do Iguaçu

O clima de Foz do Iguaçu é subtropical úmido mesotérmico, ou seja, em média, a temperatura máxima durante o inverno é de 23°C e no verão é de 32°C.

Já a temperatura mínima é de, aproximadamente, 10°C no inverno e de 20°C no verão.

Sendo assim, ao iniciar o planejamento da sua viagem para Foz do Iguaçu, é imprescindível que você verifique a temperatura local na época desejada.

Assim, será possível escolher as peças de roupas mais adequadas para as temperaturas e aproveitar a viagem da melhor maneira possível!

Aeroporto mais próximo de Foz do Iguaçu

De acordo com a ferramenta QuandoViajar, do ViajaNet, o aeroporto mais próximo do centro de Foz do Iguaçu é o Aeroporto Cataratas.

Adquirindo suas passagens aéreas com o ViajaNet, você economiza muito mais e viaja com todo o conforto para aproveitar mais ainda as suas férias.

Além disso, com o ViajaNet, é possível comprar suas passagens para Foz do Iguaçu pela Gol, Latam ou Azul, permitindo que a pesquisa pelo melhor preço seja ainda mais fácil, tornando possível que você escolha sua companhia aérea favorita!

Passagens aéreas pelo melhor preço para Foz do Iguaçu

Com uma passagem aérea para Foz do Iguaçu, você pode descobrir um novo mundo de possibilidades.

Além das Cataratas do Iguaçu, muitas outras atrações vão deixar você voltar para casa com um gostinho de “quero mais”.

Não deixe de acessar o ViajaNet e a ferramenta QuandoViajar para encontrar os melhores preços em pacotes de viagens e explore o mundo pagando o menor preço em passagens aéreas!

Chapada dos Veadeiros: guia do que você PRECISA saber antes de visitar esse destino

A Chapada dos Veadeiros é um dos destinos mais incríveis que você pode conhecer no Brasil com um pacote de viagem.

Proporcionando momentos inesquecíveis com o máximo de contato com a natureza, a Chapada dos Veadeiros também permite viver experiências que ficarão para sempre em sua memória!

Neste post do ViajaNet, você verá dicas infalíveis para desfrutar o melhor que esse destino tem para oferecer gastando menos e se divertindo muito mais!

Reprodução: Pinterest

Guia da Chapada dos Veadeiros

Onde fica a deslumbrante Chapada dos Veadeiros

Reprodução: Pinterest

Localizada no estado de Goiás, a Chapada dos Veadeiros fica a cerca de 400 km de Goiânia e a 230 km de Brasília.

Geralmente, os turistas que decidem visitar a região optam por se hospedar em São Jorge – distrito onde fica a entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros –, Alto Paraíso de Goiás ou Cavalcante (municípios próximos ao parque).

Ao planejar sua viagem para a Chapada dos Veadeiros, é muito importante escolher bem o local onde você ficará hospedado, para que facilite sua locomoção na região nos dias de passeios.

Como chegar à Chapada dos Veadeiros

Para chegar até a Chapada dos Veadeiros existem algumas opções diferentes. A primeira delas é adquirir sua passagem para Brasília e alugar um carro, por exemplo.

Dessa maneira, o acesso é feito pela BR-020, e, especialmente quando estiver viajando com a família e as crianças, alugar um carro na região pode oferecer muito conforto no trajeto.

Outra opção é a de pegar um ônibus até Alto Paraíso de Goiás. Assim, você pode economizar mais, mas deve ficar atento aos horários dos ônibus, pois sempre podem ocorrer atrasos e longos intervalos entre eles.

O que fazer no paraíso da Chapada dos Veadeiros

Ao decidir viajar para a Chapada dos Veadeiros, você pode ficar com dúvidas sobre quais os melhores lugares e cachoeiras para conhecer, já que o local oferece diversas possibilidades.

Agora, você verá dez opções com alguns dos melhores passeios para realizar na Chapada dos Veadeiros e planejar sua viagem com todos os detalhes!

1. Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Reprodução: Pinterest

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é o principal motivo para visitar a região.

Considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO, o parque foi criado em 1961, durante o mandato de Juscelino Kubitschek, e é uma unidade de conservação brasileira de total proteção à natureza.

Atualmente, cerca de 50 espécies de animais que vivem na região são consideradas raras, em risco de extinção, e existem aproximadamente 1.400 espécies de plantas no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

2. Vale da Lua

Reprodução: Pinterest

Ah… o Vale da Lua… você NÃO PODE deixar de conhecer!

O conjunto dessas rochas forma uma superfície muito semelhante à da Lua, e as águas que correm por elas são transparentes, deixando a experiência ainda mais emocionante!

Não é necessário o acompanhamento de um guia para visitar o local, porém muitos turistas dizem que a presença de um especialista no passeio pode ser mais interessante e seguro.

3. Catarata dos Couros

A Catarata dos Couros é simplesmente magnífica.

Capaz de tirar o fôlego de todos aqueles que a visitam, ela possui tanto poços fundos, para aqueles que não dispensam uma boa aventura, quanto poços rasos, para quem não sabe nadar, por exemplo.

É interessante realizar o passeio acompanhado de um guia, e a trilha até a cachoeira inclui pedras grandes que demandam certo esforço, mas que, com certeza, é recompensado pela queda d’água!

4. Cachoeira do Segredo

Shhh… é da Cachoeira do Segredo que estamos falando! Sendo uma das quedas d’água mais altas da região – aproximadamente, 120 metros de altura –, a trilha também é longa, porém tranquila, sem muitas pedras ou subidas.

Inclua a Cachoeira do Segredo no seu roteiro de viagem para a Chapada dos Veadeiros ao adquirir suas passagens aéreas e viva uma experiência única!

5. Cachoeira Loquinhas

A Cachoeira Loquinhas é uma das mais incríveis da região. Localizada próximo a Alto Paraíso de Goiás, o acesso até ela é fácil e as águas são cristalinas.

O caminho é bem sinalizado e não é necessário o acompanhamento de um guia.

Aproveite o local para tirar muitas fotos e captar momentos que ficarão para sempre em sua memória!

6. Cachoeira Santa Bárbara

Reprodução: Pinterest

A Cachoeira Santa Bárbara é simplesmente deslumbrante!

Partindo de Alto Paraíso de Goiás, são cerca de duas horas de carro até lá, e o acompanhamento de um guia é obrigatório.

A trilha é aberta e fácil de andar, por isso, não se esqueça de levar um protetor solar na bolsa.

Com certeza, essa será uma das cachoeiras mais lindas que você verá na vida. Então, aproveite para tirar muitas fotos!

7. Cachoeira Almécegas I

Reprodução: Pinterest

A Cachoeira das Almécegas é estupenda! É muito fácil ficar deslumbrado com a beleza natural do local, especialmente com a queda d’água.

O poço dela é fundo, sendo indicado apenas para aqueles que sabem nadar – e amam aventura.

A entrada é paga, mas, acredite, vale a pena. Muitos turistas dizem que a beleza dessa cachoeira não pode ser totalmente captada em uma foto, ou seja, é uma PARADA OBRIGATÓRIA!

8. Cachoeira dos Cristais

A Cachoeira dos Cristais é a opção perfeita para quem não pode ou não gosta de realizar muito esforço físico nas trilhas.

A Cachoeira Véu de Noiva está localizada no fim da trilha, que é repleta de outras quedas d’água e é maravilhosa! Não deixe de conhecer!

Além disso, observar o pôr do Sol na região é uma ótima opção para quem decide passar o dia ali. Existem muitos restaurantes nas proximidades da Cachoeira dos Cristais, possibilitando que o passeio seja ainda mais confortável.

9. Cachoeira do Macaquinho

Esse é um complexo formado por dez cachoeiras magníficas e é um dos locais mais conhecidos da Chapada dos Veadeiros.

Aposte em um calçado confortável para realizar a trilha, que pode ser um pouco difícil, e aproveite para ir até as últimas cachoeiras, que são eleitas as mais bonitas pelos turistas.

O passeio é imperdível e pode proporcionar lindas e inesquecíveis lembranças para você e sua família!

10. Cachoeira de São Bento

Fácil de chegar e linda, a Cachoeira de São Bento possui uma trilha fácil de percorrer.

O poço principal é bem grande e a queda d’água possui cerca de seis metros de altura, sendo que as pequenas quedas d’água são perfeitas para quem não possui muita prática com natação e quer aproveitar a água do local.

Por ter fácil acesso – e ser incrível –, a Cachoeira de São Bento é bem popular entre os turistas e pode ter grande movimento em dias mais quentes, especialmente na alta temporada.

Dicas para aproveitar a viagem para a Chapada dos Veadeiros da melhor maneira

Reprodução: Pinterest

Antes de viajar para qualquer destino, sempre existem algumas dicas que podem contribuir muito para uma viagem ainda mais especial e sem dores de cabeça. E, no caso da Chapada dos Veadeiros, não seria diferente!

Confira agora algumas dicas de viagem e aproveite suas férias ainda mais tranquilo, se concentrando apenas em tirar as mais belas fotos!

Vá preparado para fazer trilhas e aproveitar o passeio com muita diversão e aventura;
Leve na mala roupas de banho (você vai querer entrar em todas as cachoeiras possíveis!);
Mantenha sempre seu celular carregado (guias não são obrigatórios na região e, caso você se perca, essa é uma dica valiosa);
Use um calçado confortável para realizar a caminhada até as cachoeiras (de preferência, um tênis);
Não se esqueça de levar um protetor solar na bolsa para reaplicar ao longo do dia;
Repelente é um item indispensável;
Aposte em bonés e chapéus para se proteger do Sol;
É recomendado que não sejam feitos barulhos excessivos, por ser uma área de preservação;
Leve lanches e água na mochila para aproveitar melhor o dia (e não se esqueça de recolher seu lixo, colaborando com a limpeza da área).

Vida noturna na Chapada dos Veadeiros

Por ser um destino repleto de atrações diurnas, não espere encontrar grandes baladas, mas, sim, bares com uma boa música ao vivo, cerveja gelada e vinhos saborosos para as noites mais frias.

As férias de julho e os feriados prolongados costumam atrair alguns artistas para a Chapada dos Veadeiros, aumentando o número de visitantes e animando ainda mais as noites na região.

Sendo assim, se você deseja aproveitar o máximo possível da Chapada dos Veadeiros durante o dia e ainda curtir o melhor da noite, aposte na estadia em Alto Paraíso de Goiás ou em São Jorge.

As melhores opções de hospedagem na Chapada dos Veadeiros

Reprodução: Pinterest
Imagem meramente ilustrativa

Quem planeja uma viagem para a Chapada dos Veadeiros deve saber que existem muitas opções diferentes de hospedagem e de municípios para procurar o hotel ideal.

São Jorge é a opção ideal para quem busca o máximo de conforto possível, em um ambiente mais rústico e tranquilo.

Porém, já que esse é o município mais próximo da Chapada dos Veadeiros, as pousadas podem ser um pouco mais caras.

Em Alto Paraíso de Goiás, existem inúmeras opções de hotéis, pousadas e campings, sendo essa a opção perfeita para quem deseja tentar avistar algum disco voador – um dos grandes mistérios do local.

Já em Cavalcante é possível ficar ainda mais próximo da Cachoeira Santa Bárbara, uma das mais lindas da região!

Gastronomia na Chapada dos Veadeiros: conheça esse tempero!

Reprodução: Pinterest

A gastronomia goiana é, sem dúvidas, uma das mais deliciosas do Brasil. Com pratos incríveis, feitos a partir dos mais deliciosos ingredientes, essa culinária é muito apreciada em todo o país.

Alguns exemplos, além do famoso peixe na telha, de pratos típicos da região são a pamonha, o frango com pequi, a galinhada, o tutu de feijão, o frango com guariroba e a paçoca.

A Vendinha 1961, em Alto Paraíso de Goiás, o Restaurante da Nenzinha, em São Jorge, e a Canela de Ema, em Cavalcante, são algumas opções de locais que oferecem uma ótima comida para complementar ainda mais sua viagem para a Chapada dos Veadeiros.

Quando viajar para a Chapada dos Veadeiros

Dependendo de qual for o seu objetivo com a viagem para a Chapada dos Veadeiros, existe uma época certa para viajar para o local.

Aqueles que buscam maior volume nas águas das cachoeiras, por exemplo, podem apostar nos meses entre outubro e março para realizar os passeios, pois até mesmo as piscinas naturais da região estão mais cheias.

Porém, dependendo de qual for o passeio, a época das secas pode proporcionar águas mais cristalinas na Cachoeira Santa Bárbara, por exemplo, sendo os meses entre abril e setembro.

Além disso, é importante lembrar que a alta temporada (especialmente, os meses de dezembro e janeiro) pode atrair inúmeros grupos de turistas para a região. Sendo assim, o acesso a algumas atrações e passeios pode ser limitado, devido ao alto número de visitantes.

Aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros

O aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros é o Aeroporto Internacional de Brasília. Após desembarcar no destino, é necessário alugar um carro, por exemplo, para chegar até a Chapada dos Veadeiros.

Porém, é importante destacar que, ao adquirir suas passagens aéreas com o ViajaNet e utilizar a ferramenta QuandoViajar, além de conseguir os melhores preços, você planeja suas férias com muito mais facilidade e praticidade!

Passagens aéreas pelo melhor preço para Chapada dos Veadeiros

Somente com o ViajaNet você consegue encontrar passagens aéreas para a Chapada dos Veadeiros pelo melhor preço durante todo o ano.

Conhecer de perto a beleza natural das cachoeiras mais incríveis que você verá na vida é uma experiência surreal que você PRECISA viver!

Convide família, amigos, parta em uma viagem romântica a dois ou embarque sozinho em uma aventura que criará as mais deliciosas memórias.

Conte com o ViajaNet e com a ferramenta QuandoViajar para comprar sua passagem aérea para o Centro-Oeste e viva suas férias da melhor maneira!

Maragogi: saiba o que fazer e onde ficar em um dos lugares mais belos do Brasil

 Maragogi é simplesmente um dos lugares mais bonitos de todo o Brasil. Essa é uma afirmação que podemos fazer sem dúvidas.

É só olhar as fotos que você vai se maravilhar com as areias branquinhas e um mar reluzente de tão azul e brilhante. É uma visão de se emocionar!

Mas, se você não se contentar apenas com as fotos (garanto que não vai), veja aqui neste post os principais pontos do destino para aproveitar ao máximo quando for viajar para Maragogi.

Índice

  • Onde fica Maragogi e suas belíssimas piscinas naturais
  • Como chegar a Maragogi: quais são os aeroportos mais próximos
  • Temperatura em Maragogi: como é o clima
  • O que fazer em Maragogi, este recanto natural maravilhoso em Alagoas
  • O que fazer à noite em Maragogi: a vida noturna na cidade
  • Onde se hospedar em Maragogi
  • Experimente a culinária local: é cada prato de dar água na boca!
  • Comece a planejar sua viagem agora comprando passagens aéreas para Maragogi
  • Onde fica Maragogi e suas belíssimas piscinas naturais

    Primeiro de tudo: você sabe onde fica esse paraíso nordestino? Bom, fica em Alagoas, bem pertinho de Pernambuco.

    É um lugar bastante conhecido pelas suas piscinas naturais e águas tranquilas, sendo referida por muitos como um pedaço do Caribe no Brasil.

    Visitar o paraíso sem sair do Brasil… Já pensou ? Pois é, Maragogi existe!

    Como chegar a Maragogi: quais são os aeroportos mais próximos

    Existem muitos caminhos até esse lugar, e todos são muito simples, sem dificuldade alguma!

    Por estar a aproximadamente 130 quilômetros tanto de Recife quanto de Maceió, a capital de Alagoas, você pode visitar Maragogi por ambas as cidades.

    Não é nem preciso falar que ir de carro ou ônibus pode ser cansativo, não é? Principalmente, se você estiver partindo do Sudeste ou do Sul. A viagem é bem longa e pode durar até oito horas de carro — imagine de ônibus!

    Por isso, comprar passagens aéreas para Maragogi é a melhor opção, já que ir de avião é muito mais rápido e confortável. Os aeroportos mais próximos do destino são o Aeroporto Internacional de Recife/Guararapes Gilberto Freyre e o Aeroporto Internacional de Maceió – Zumbi dos Palmares.

    Partir desses lugares para Maragogi é bem fácil, e o trajeto dura mais ou menos duas horas saindo de ambos os lugares, dependendo do trânsito.

    Temperatura em Maragogi: como é o clima

    Não se esqueça do filtro solar!!!! O clima em Maragogi é bem quente e os raios de sol não perdoam quem não está protegido.

    O verão na região é bem longo e costuma ter muitas nuvens. O calor pode ser bem intenso, então vá preparado! Roupas leves e chinelos são essenciais para um maior conforto.

    Já no inverno a temperatura ameniza e o céu fica limpo. As ventanias nesse período podem ser bem intensas, o que pode ajudar a refrescar.

    O que fazer em Maragogi, este recanto natural maravilhoso em Alagoas

    Não desgrude o olho do resto deste post, pois aqui vão os melhores pontos de Maragogi para você não perder NADA durante a sua viagem!

    São lugares lindíssimos e únicos que vão marcar sua memória e deixar lembranças inesquecíveis.

    Praia de Antunes

    Este lugar é um dos pontos mais disputados pelos turistas em toda Maragogi, devido à sua beleza e tranquilidade.

    Aqui, durante a maré baixa, formam-se piscinas naturais entre os bancos de areia — são até 3 km de piscinas para relaxar e curtir as águas calmas.

    Além disso, você pode andar de caiaque e vela, já que a ausência de ondas fortes permite aproveitar muito esses esportes aquáticos!

    Por ser um pouco longe do centro da cidade, ela não possui muitas construções ou infraestrutura, mas não se preocupe. Lá, existem alguns quiosques que vendem comidas e bebidas. Levar de casa sempre é uma boa para economizar também, não é?

    Não tenha dúvida de que o azul turquesa das águas da Praia de Antunes vão te ma-ra-vi-lhar!

    Praia Maragogi

    Já que foi nomeada em homenagem à cidade, nem é preciso falar que é a praia principal da cidade e que fica bem no centro.

    A água aqui é de uma temperatura bastante agradável, e a prática de mergulho é muito popular, principalmente nas piscinas naturais que se formam, onde se pode observar vida marinha.

    Nadar com os peixes que se encontram neste local é uma experiência incrível que vale muito a pena.

    Galés de Maragogi

    É uma parada obrigatória em Maragogi. Visitar as Galés é um passeio único que definitivamente vai ser o que você vai contar para os amigos quando voltar para casa.

    As piscinas naturais que se formam entre os recifes de corais são belíssimas. São formadas durante a época de maré baixa, então não é sempre que este lugar pode ser visitado.

    Além de peixes e águas cristalinas, você também pode ver os corais e outros animais marinhos.

    É maravilhoso!

    Praia Barra Grande

    A seis quilômetros da cidade, a Praia Barra Grande é típica daqueles cenários tropicais, com coqueiros, areias brancas e águas claras.

    Não há bares e restaurantes por aqui, o que dá ainda mais uma sensação de paraíso intocado pelo homem. Parece dramático, não é? Acredite: ao ter essa visão, você vai entender!

    Aqui, você também encontra piscinas naturais, e na maré baixa é possível chegar a elas sem nenhuma dificuldade.

    Praia Ponta de Mangue

    Quando pensamos em mangue, pensamos em águas turvas, não é? Porém aqui não é o caso. Se você visitar essa praia na época certa, vai encontrar um mar lindíssimo esverdeado e areias brancas protegidas pelas sombras dos coqueiros.

    As águas aqui são muito calmas e ideais para quem quer curtir com a família e as crianças. É um local para todos curtirem e relaxarem sem preocupações!

    Praia do Peroba

    A Praia do Peroba fica no limite entre Alagoas e Pernambuco, bem no litoral norte do estado.

    O mar é repleto de corais, portanto, é preciso ficar atento ao visitar em épocas de maré alta, já que a visibilidade está comprometida e acidentes podem acontecer.

    Por isso, visitar na maré baixa é a melhor opção, já que, além de poder ver os corais, é possível aproveitar bem as piscinas que se formam nesse período.

    São águas calmas e mornas, tornando essa praia perfeita para famílias e crianças também.

    Praia Xaréu

    É uma opção menos movimentada e um pouco distante do centro de Maragogi — são oito quilômetros de distância.

    É uma praia muito distinta das demais, já que, em períodos de maré baixa, se assemelha muito a uma lagoa, pois não há ondas e a água quente fica muito calma.

    Muito tranquila, também é uma ótima opção para crianças e famílias. Se quiser relaxar na “lagoa”, tome cuidado para não molhar seus pertences!

    Praia Burgalhau

    A Praia de Burgalhau é ótima para quem quer relaxar e curtir a tranquilidade de um lugar mais vazio. Sentar e curtir o som das ondas parece perfeito, não é?

    Neste lugar, você vê também um mangue, onde o rio Paus deságua no mar, dando visão a muitos tipos de vida marinha e vegetação característicos desse ambiente.

    A praia fica em frente ao Hotel Praia Dourada e é perfeita para passeios de buggy, isso sem falar do mar lindíssimo e incrível para banhos!

    Pontal do Maragogi

    O Pontal do Maragogi é como se fosse um beach club, onde você pode fazer proveito de muitas atividades como praia, piscina, visitar as piscinas naturais de Catamarã e muito mais.

    Aqui, você pode comer também, já que há um restaurante no Pontal. A infraestrutura desse lugar é incrível e conta com atrações para adultos e crianças, além de banheiros, redes e muito mais!

    É um ótimo passeio para qualquer idade. Diversão garantida!

    O que fazer à noite em Maragogi: a vida noturna na cidade

    A vida noturna em Maragogi não é a mais animada e agitada, já que quem frequenta a cidade costuma buscar tranquilidade e relaxamento.

    Mas isso não significa que você irá ficar isolado no hotel assim que o Sol se pôr. Visitar os restaurantes da cidade é sempre uma boa pedida, ainda mais se você curte experimentar sabores novos.

    A cidade também conta com uma feira de artesanato que vale muito a visita, especialmente se você gosta de artigos de decoração ou quer comprar lembrancinhas para os amigos e familiares.

    Existem alguns bares por aqui para quem curte um bom drink ou uma cerveja gelada. O Kinoua’s Pub, por exemplo, recebe alguns DJs que animam a noite por lá. O Ponto de Encontro também tem música ao vivo e pode ser uma ótima parada para curtir um som.

    Onde se hospedar em Maragogi

    Decidir um lugar para ficar que atenda suas expectativas é de extrema importância ao planejar qualquer viagem. E Maragogi não peca nesse departamento, tendo muitas opções luxuosas e mais simples para agradar a todos os gostos.

    Se você não se importa com simplicidade e quer economizar, o Maraga Beach Hostel é perfeito. Bem arrumado e com café da manhã incluso, o lugar oferece opções de quarto privado e ambiente compartilhado também. Ah, e está na beira da praia!

    Os resorts ficam um pouco mais afastados do centro, o que pode ser um pouco complicado para quem não quer gastar em deslocamento, além de serem luxuosos e bem caros, ainda mais em alta temporada.

    Mas não se preocupe, existem muitas pousadas e hostels por aqui que com certeza vão te impressionar com a qualidade e o charme.

    Optar por pacotes de viagem para Maragogi também é uma boa escolha, já que pendências como passagens aéreas, hospedagem e roteiro de atividades já estão definidas. É realmente uma mão na roda ao planejar uma viagem.

    Experimente a culinária local: é cada prato de dar água na boca!

    Aquela pausa para falar do que todo mundo ama: comer! E, aqui em Maragogi, você pode comer muito bem. Se prepare!

    Existem muitos restaurantes pela cidade, especialmente nas pousadas, sendo bem aconchegantes e com um aspecto familiar incrível que realmente te faz sentir em casa!

    A Pousada Camurim Grande, por exemplo, tem um cardápio delicioso que deixou muitas pessoas encantadas. Além de opções vegetarianas, o restaurante tem comida brasileira e frutos-do-mar como carro-chefe. Inclusive, o camarão é sensacional e o atendimento excelente.

    O Tuyn também merece destaque. Um dos restaurantes mais bem avaliados, seus sabores não se limitam, e aqui você vê culinária italiana, brasileira e até asiática. O restaurante também fica dentro de uma pousada, a Praiagogi. São muitas opções de pratos, e há também opções veganas, vegetarianas e sem glúten.

    Para quem quer a segurança de um bom hambúrguer, o Tua Casa é uma ótima pedida. Com muitas opções de lanches e uma faixa de preço muito justa, esta hamburgueria e petiscaria se sobressai. Além disso, o atendimento é incrível e as porções, deliciosas.

    Comece a planejar sua viagem agora comprando passagens aéreas para Maragogi

    Impossível aprender tudo isso sobre esse lugar e não querer subir em um avião imediatamente, não é?

    Pois não perca tempo, comece a planejar sua viagem agora e compre suas passagens aéreas para Maragogi!

    No ViajaNet, além de encontrar os melhores preços de voos, você também vê opções de pacote de viagem para muitos destinos. Compre pelo ViajaNet e embarque já na sua próxima viagem!

    Guia completo Deserto do Atacama: planeje uma viagem inesquecível

    Deserto do Atacama: um lugar único, intenso e que fica gravado na memória de quem o visita

    O Deserto do Atacama coleciona belezas de tirar o fôlego. A imensa região está entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, uma geografia privilegiada que consegue atrair e impressionar turistas do mundo inteiro.

    Atacama é considerado um dos lugares mais secos do mundo, com chuvas escassas e clima árido comparável às terras de Marte. Essas características criam um cenário singular e impressionante, onde você se sente um grão de areia perdido em paisagens grandiosas.

    Mesmo com o turismo intenso, o Atacama não se entrega às modernidades – o deserto preserva, em suas construções e ruas de terra, uma essência rústica que sobrevive há mais de 11 mil anos.

    Sem dúvidas, o Deserto do Atacama é um dos lugares mais impressionantes do mundo. Paisagens surreais, animais silvestres e formações rochosas de tirar o fôlego são apenas algumas coisas para conhecer por lá.

    Para ajudá-lo a montar o melhor roteiro de viagens, o blog do ViajaNet preparou um guia completo com tudo sobre o Deserto do Atacama. Assim, você faz uma viagem inesquecível e aproveita tudo que o destino tem a oferecer. Confira!

    deserto do atacama

    Saiba onde fica o Deserto do Atacama

    O Deserto do Atacama está localizado na região norte do Chile. Os mais de 1.000 quilômetros de extensão também estão espalhados nas fronteiras com Argentina, Bolívia e Peru.

    Existem poucas cidades no entorno do deserto, devido às temperaturas e condições extremas que variam do dia para a noite, literalmente. No entanto, San Pedro de Atacama é a cidade mais famosa e considerada a “base” da região.

    Como chegar no Deserto do Atacama – Chile?

    Para chegar ao Deserto do Atacama saindo do Brasil, a melhor maneira é comprar passagens aéreas para Santiago, capital do Chile, fazer uma conexão e pegar outro voo para Calama, a cidade mais próxima do deserto chileno. Por fim, você precisará contratar um serviço de transfer no aeroporto de Calama que levará para San Pedro do Atacama.

    onde fica o deserto do atacama

    O que fazer no Deserto do Atacama: 11 passeios que você não pode deixar de conhecer

    Apesar do cenário inóspito, o Atacama guarda passeios de tirar o fôlego: dunas que parecem artificiais, gêiseres que brotam do chão, trilhas de antigos povoados e piscinas naturais quentinhas.

    Para conhecer todas as atrações com calma, o recomendado é ficar pelo menos cinco dias inteiros no Deserto do Atacama. Caso contrário, você ficará com a sensação que não fez tudo que deveria e com aquele gostinho de quero mais.

    Mas, antes de montar seu roteiro no Deserto do Atacama, confira as sugestões de passeios que o ViajaNet acha indispensável em sua viagem.

    1. San Pedro de Atacama

    Considerada a capital do Deserto do Atacama, San Pedro de Atacama é uma comuna com mais de 2.000 habitantes. O lugar localiza-se no Chile a 2.400 metros de altitude, fazendo fronteira com Paraguai e Argentina.

    A altitude elevada pode colaborar nas variações de temperatura – durante o dia, o calor pode chegar aos 40 ºC; já à noite, o frio ganha força e pode marcar temperaturas abaixo de zero.

    San Pedro de Atacama é o ponto de partida para a maioria dos passeios no deserto. Perto da comuna existem diversos gêiseres, piscinas naturais e vistas privilegiadas que vão render lindas fotografias.

    deserto do atacama san pedro do atacama

    2. Piedras Rojas

    Um dos passeios imperdíveis no Deserto do Atacama, Piedras Rojas é o lugar que faz o coração dos visitantes bater mais forte. Isso porque as paisagens parecem uma miragem no meio do deserto, um cenário inesquecível e diferente de tudo que você já viu.

    Agências especializadas em passeios no Deserto do Atacama podem fazer o caminho passando por outras atrações famosas, como o Trópico de Capricórnio e as Lagunas Altiplânicas. Se for chegar ao local a pé, por meio de trilhas, prepare-se para uma caminhada exaustiva, mas que vale o esforço.

    deserto do atacama piedras rojas

    3. Lagunas Altiplânicas

    As Lagunas Altiplânicas estão entre os lugares mais bonitos do Deserto do Atacama. Elas estão localizadas praticamente dentro das Piedras Rojas e a 115 km de San Pedro.

    O lugar é um verdadeiro paraíso construído sem querer pela natureza. A vegetação combina com a cor da areia e as lagunas azuis refletem o desenho das formações rochosas. A paz do lugar só é quebrada pelo barulho do vento, que não para em nenhum instante.

    As principais – e mais belas – lagunas da região são: Laguna Miscanti e Laguna Miñiques.

    deserto do atacama lagunas altiplanicas

    4. Tour astronômico

    Enganam-se aqueles que pensam que o Deserto do Atacama é bonito apenas de dia – quando o Sol dorme, o céu fica pontilhado de estrelas e repleto constelações.

    Vislumbrar à noite o céu do Atacama só é possível graças às características geográficas e climáticas daquela região. O clima seco diminui a umidade e limpa a atmosfera, permitindo que você observe tudo de forma única.

    Existem dois tipos de passeios astronômicos para fazer: um deles é o tour que oferece uma experiência mais científica sobre o espaço, e o outro que proporciona uma experiência mística sobre a astronomia e os astros. E aí, qual deles você vai escolher na sua viagem para o Atacama?

    ceu do atacama

    Reprodução: Pinterest

    5. Salar de Atacama

    Próximo às Lagunas Altiplânicas está o Salar de Atacama, um lugar importantíssimo para a economia e cultura do Chile.

    Apesar da imensidão de sal, o que chama mesmo a atenção no Salar são os flamingos rosados que estão espalhados por toda a região. Os belos animais colorem a imensidão cinza e impressionam os turistas.

    Para avistar outras espécies de aves, como nhandus, gansos e patos, vale caminhar pela Lagoa Chaca: uma lagoa de salina que fica ainda mais bonita devido à presença dos animais.

    deserto do atacama salar de atacama

    6. Trekking nos vulcões de Atacama

    Trekking é uma atividade física que consiste no ato de caminhar em trilhas naturais em montanhas altas e de difícil acesso. A caminhada é feita com objetivo desportivo e para entrar em contato com a natureza.

    Imagine fazer esse esporte entre vulcões e colinas! No Deserto do Atacama, isso é algo bastante comum e você não pode deixar de incluir o passeio em seu roteiro de viagens. Para isso, é necessário contratar uma agência que prepara todo o itinerário: desde o nível de dificuldade da subida até os equipamentos que serão utilizados.

    Se for corajoso, não deixe de fazer trekking no Vulcão Lascar, que é considerado o vulcão mais ativo do norte do Chile.

    deserto do atacama vulcoes

    7. Salar de Tara

    O Salar de Tara é um passeio que geralmente não está no roteiro tradicional do Deserto do Atacama, mas vale a pena incluí-lo na sua programação se tiver um tempo disponível.

    As formações rochosas são o que mais chamam a atenção nesse ponto turístico – elas são gigantescas, algumas com mais de 17 metros de altura e com formato diferenciado graças às ações da natureza. Outro detalhe que deixa o cenário ainda mais bonito é a lagoa do Salar de Tara, onde você pode caminhar e admirar a imensidão do lugar.

    deserto do atacama salar de tara

    8. Valle de la Luna + Valle de la Muerte

    Esses dois vales estão entre os passeios mais conhecidos do Deserto do Atacama. Geralmente, a parada nesses dois lugares acontece assim que se chega em San Pedro.

    Tanto o Valle de la Lunna quanto o de la Muerte são de cair o queixo. Isso porque os lugares permitem uma vista privilegiada de todo o Deserto do Atacama. Na Pedra do Coiote, por exemplo, formam-se filas para fotografar as dunas de areia e admirar as belas paisagens.

    Vale lembrar que algumas rochas são totalmente desenhadas pela erosão do tempo. Então, prepare-se para encontrar um lugar único e com muitas paisagens estreitas.

    deserto do atacama valle de la luna e valle de la muerte

    9. Pukara de Quitor

    Para quem gosta de história e arqueologia, Pukará é uma atração imperdível. Isso porque o lugar é um sítio arqueológico construído no século XII com o objetivo de servir como fortaleza e moradia para antigos povoados.

    Após invasões de incas e espanhóis, Pukará de Quitor foi restaurada com atrações que permitem explorar todo o lugar. Uma delas, por exemplo, são as trilhas que levam aos principais pontos de arqueologia e mirantes com vista para San Pedro.

    deserto do atacama pukara de quitor

    10. Termas de Puritana

    Cansou de andar pelas estradas intermináveis do deserto? Então, que tal relaxar e renovar as energias nas Termas de Puritana?

    As piscinas naturais desse famoso ponto turístico têm águas quentinhas que vão desde os 5 até os 30ºC. Esse verdadeiro oásis no meio do deserto está localizado a mais de 3.500 metros de altitude, uma caminhada intensa que é recompensada por um descanso único.

    Além de beleza, as Termas de Puritana têm propriedades terapêuticas e medicinais – alguns povos acreditam que essas águas proporcionam saúde e vitalidade.

    11. Geiser del Tatio

    Os gêiseres del Tatio são considerados o terceiro maior campo de gêiseres do mundo, com formações raras que entram em erupção de tempos em tempos. O local é uma das atrações principais na região de San Pedro do Atacama, e as agências de passeio passam nos hotéis para buscar os turistas a partir das 4 horas da manhã.

    Vale lembrar que os gêiseres podem ser perigosos, então evite andar em cima das fendas e respeite o limite das pedras que existe, além de ouvir as informações dos guias turísticos.

    deserto do atacama geiser del tatio

    Vida Noturna em Atacama

    Se, depois de explorar o deserto durante todo o dia, você ainda tiver energia, saiba que o Atacama guarda muitas opções de entretenimento noturno. Claro que as opções são contadas, mas há bares e festas para todos os tipos de preferências.

    Vale lembrar que existem algumas regras para curtir a vida noturna no Deserto do Atacama. Uma delas, por exemplo, é uma lei nacional que proíbe beber na rua. Caso infrinja, você estará sujeito a pagar uma multa de 47 mil pesos chilenos. Os carabineros (a polícia local) estão sempre de olho na movimentação nas ruas. Então, tome cuidado para não desrespeitar a lei.

    Mas é claro que sempre existe um jeito de se divertir no Deserto do Atacama depois que o sol se põe. San Pedro do Atacama, a comuna mais famosa da região, tem barzinhos e outros tipos de estabelecimentos que permitem desfrutar de ótimos momentos e curtir muita diversão.

    Confira algumas sugestões do ViajaNet para aproveitar o melhor da vida noturna no Deserto do Atacama.

    vida noturna no deserto do atacama

    ChelaCabur

    Onde: Rua Caracoles, 212 – San Pedro de Atacama

    O ChelaCabur é um lugar que agrada bastante os fãs de cerveja e futebol. O bar tem inúmeras variações da bebida e uma decoração com várias camisas de uniforme de diferentes equipes do mundo.

    Lola

    Onde: Rua Toconao, 441 – San Pedro de Atacama

    De dia, o Lola funciona como um SPA e uma cafeteira com bebidas deliciosas. Já à noite, o local recebe DJS que animam a noite e criam o ambiente perfeito para dançar bastante. Aproveite para provar os drinks exclusivos do bar.

    bar em san pedro do atacama

    Reprodução: Pinterest

    Barros

    Onde: Rua Tocopilla, 418 – San Pedro de Atacama

    Sempre animado, o bar e cafeteria Barros tem música ao vivo quase todos os dias e, às vezes, DJs que tocam em um volume bastante alto. Outro benefício são os preços acessíveis que cabem no bolso.

    Blancos

    Onde: Rua Caracoles, 195B – San Pedro de Atacama

    O Blancos possui eventos regulares, que costumam ser festas de músicas pop ou eletrônica. A animação costuma acontecer aos sábados, mas não é regra. Então, não deixe de consultar a agenda do bar.

    Saiba onde comer no Deserto do Atacama – Chile

    Os restaurantes do Deserto do Atacama também encontram-se disponíveis apenas na comuna de San Pedro. Os restaurantes da vila têm um ar descontraído onde você pode provar desde a gastronomia local até a tradicional culinária chinesa. Além disso, é quase impossível provar uma refeição sem uma boa taça de vinho chileno.

    Quer provar pratos que marcam o paladar? Então, confira algumas sugestões de lugares para comer no Deserto do Atacama!

    onde comer no deserto do atacama

    Adobe Restaurant

    Onde: Rua Caracoles, 169 – San Pedro de Atacama

    Muito famoso na região, o Adobe Restaurant oferece um ambiente agradável e um cardápio que abrange desde pratos com camarão até pizzas de vários sabores. Além disso, à noite, é acesa uma fogueira ao ar livre com música ao vivo e ótimos drinks.

    El Toconar

    Onde: Caracoles, 330 – San Pedro de Atacama

    Se você gosta de degustar uma culinária refinada em um ambiente aberto, o El Toconar é o local perfeito para jantar ou almoçar. O local tem pratos diversificados, onde você encontrará ceviches, saladas, carnes, massas e pratos chilenos.

    restaurantes no deserto do atacama

    Babalu Heladeria

    Onde: Rua Caracoles, 140 – San Pedro de Atacama

    É quase impossível resistir a um sorvete no meio do deserto, não é? A sorveteria Babalu tem desde sabores convencionais, como chocolate e creme, até outros sabores diferenciados, como massa com folha de coca, pisco sour e quinoa.

    Baltinache

    Onde: Rua Domingo Atienza, 2 – San Pedro de Atacama

    Se você quer surpreender o seu paladar com pratos diferenciados, o Baltinache é o lugar perfeito para conhecer em sua viagem para o Deserto do Atacama. A gastronomia do estabelecimento utiliza ingredientes da região norte do Chile, carnes de todos os tipos (algumas exóticas) e ótimas sobremesas de frutas.

    Clima do Deserto do Atacama

    O clima do Deserto do Atacama pode mudar do dia para a noite, literalmente. Isso porque, durante o dia, as temperaturas ultrapassam facilmente os 30ºC. Já à noite, o vento predomina e os ponteiros marcam temperaturas abaixo de zero. Então, é superimportante montar uma mala diversificada, com casacos, toucas, chapéus e bonés, tênis de caminhada e outras roupas esportivas.

    Se for viajar para o Atacama durante o verão, prepare-se para encontrar um clima morno e árido. Se for no inverno, dias frescos e secos são os mais comuns. Outra informação importante do clima do Deserto do Atacama é que o céu é quase sem nuvens, o que permite apreciar as belas paisagens e o tour astronômico.

    DICA EXTRA: A melhor época do ano para visitar o Deserto do Atacama e aproveitar atividades de clima quente é do fim de setembro até meados de abril.

    clima deserto do atacama

    Conheça o Deserto do Atacama com as oportunidades do ViajaNet!

    Sentiu vontade de conhecer as belezas do Deserto do Atacama? No site do ViajaNet, você encontra passagens aéreas e pacotes de viagens para Santiago, no Chile. Assim, é possível comprar passagens para San Pedro do Atacama e começar a tour inesquecível por esse lugar recheado de coisas para fazer.

    Aproveite as oportunidades do ViajaNet para conhecer os lugares que sempre sonhou! Confira as condições especiais de pagamento da nossa agência online e comece hoje mesmo a planejar a sua próxima viagem internacional. Conheça o Deserto do Atacama!

     

    atacama

    30 lugares para acampar no Brasil

    No Brasil, não faltam lugares para acampar. São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e muitos outros destinos nacionais têm espaços excelentes onde você pode montar a barraca e desfrutar de ótimos momentos.

    Para ajudá-lo a fazer um acampamento incrível, o blog do ViajaNet preparou uma lista completa com 30 lugares para acampar no Brasil.  Assim, você consegue encontrar montanhas, serras e colinas nas cinco regiões do país.

    Topa viver essa experiência única? Confira as opções de lugares para acampar e embarque em uma aventura!

    Lugares para acampar no Sudeste do Brasil

    São Paulo

    1. Morro do Saboó – São Roque

    Localizado em São Roque, cidade turística do interior de SP, o Morro do Saboó não decepciona quando o assunto é acampar e entrar em contato com a natureza. A subida até o ponto mais alto pode ser um pouco cansativa. Entretanto, a vista lá de cima é recompensadora – é possível admirar a cidade e a natureza que a envolve.

    lugares para acampar morro do saboo

    Reprodução: Pinterest

    2. Pico do Jaraguá – Serra da Cantareira

    Famoso por ser o ponto mais alto da cidade, o Pico do Jaraguá eleva-se a uma altura de 1.135 metros. Ao redor do ponto turístico existe o Parque Estadual do Jaraguá, criado para incentivar a conservação da área. A entrada é gratuita, e você pode deixar o carro no estacionamento para depois subir pela trilha do Pai Zé.

    lugares para acampar pico do jaragua

    Reprodução: Pinterest

    3. Serra do Mursa – Várzea Paulista

    Há muitos motivos para conhecer a Serra do Mursa, em Várzea Paulista. Um deles é o acesso fácil via transporte público – basta descer na estação Várzea Paulista da linha 7 Rubi da CPTM. Ao chegar ao local, você ficará surpreso com a bela paisagem, que pode ficar ainda mais bonita ao entardecer.

    lugares para acampar serra do mursa

    4. Pedra do Baú – São Bento do Sapucaí

    A Pedra do Baú é um conjunto de rochas gnáissicas localizado em São Bento do Sapucaí. Há duas formas de chegar até o ponto culminante: uma delas é seguir a trilha do Chico Bento, que é um pouco pesada e com trechos íngremes; e a outra é escalar com empresas especializadas, uma experiência e tanto cheia de aventura.

    lugares para acampar pedra do bau

    Rio de Janeiro

    5. Praia do Sono – Paraty

    Não existe lugar melhor para acampar no Rio de Janeiro do que a Praia do Sono. Esse belo ponto turístico de Paraty tem águas azuis cristalinas, areia branquinha e um clima tranquilo afastado de toda a agitação carioca. Não há estradas de acesso à Praia do Sono e, por isso, ela se mantém linda, preservada e pouco movimentada.

    lugares para acampar praia do sono

    6. Morro do Couto – Resende

    Localizado no Parque Nacional do Itatiaia, o Morro do Couto é famoso por ser a oitava maior elevação rochosa do Brasil. Os 2.680 metros de altura do morro estão localizados em área preservada e quase intocada pelo homem, apenas pelas ações da natureza. A vista privilegiada inclui as Prateleiras, a Pedra da Tartaruga e o Pico das Agulhas Negras.

    lugares para acampar morro do couto

    7. Pedra do Sino – Guapimirim

    Muitos aventureiros já passaram pela Pedra do Sino, na cidade de Guapimirim. O local tem a trilha mais antiga e visitada da Serra dos Órgãos. E o sucesso não é à toa: o ponto turístico é muito importante para a história do montanhismo no Brasil, já que a abertura da trilha permitiu avanços em pesquisas da botânica e geografia.

    lugares para acampar pedra do sino

    Espírito Santo

    8. Pedra do Camelo – Pancas

    Um dos cartões-postais da cidade, a Pedra do Camelo é famosa tanto na escalada quanto no camping. O lugar é perfeito para viver aventuras radicais em meio à natureza preservada. Entretanto, é importante lembrar que a pedreira pode não ser uma boa opção de passeio para aqueles que não estão acostumados com atividades físicas muito puxadas.

    lugares para acampar pedra do camelo

    9. Praia das Falésias – Marataízes

    O litoral capixaba está recheado de praias belíssimas. Uma delas, a Praia das Falésias, é um excelente lugar para acampar na companhia dos amigos, a dois ou até mesmo sozinho. O destino é pouco conhecido pelos turistas e está quase sempre vazio.  Além de tranquila, a Praia das Falésias é bonita e cercada por contornos que lembram o Deserto do Atacama.

    lugares para acampar praia das falesias

    Minas Gerais

    10. Complexo do Tira Prosa – Carrancas

    Se estiver em Carrancas, cidade de Minas Gerais famosa por suas cachoeiras exuberantes, não deixe de visitar o Complexo do Tira Prosa. O local pode ser visitado por pessoas de todas as idades, já que oferece desde passeios tranquilos até outros mais radicais. Se for escolher esse lugar para acampar, prefira os espaços perto das cachoeiras.

    lugares para acampar em minas gerais

    11. Paraíso Perdido – Capitólio

    Esse destino turístico mineiro faz jus ao nome que tem. Paraíso Perdido guarda mais de 15 quedas d’água, natureza intocada e muitos lugares para acampar. Além de muitas belezas naturais, o espaço possui excelente infraestrutura, com estacionamento, duchas quentes e restaurantes de boa mesa.

    lugares para acampar capitolio

    12. Pico do Gavião – São Thomé das Letras

    Não é segredo que existem diversos lugares para acampar em São Thomé das Letras, a cidade mística de Minas Gerais. Um deles é o Pico do Gavião. Esse ponto turístico chama atenção por seu visual espetacular, que tem pedras grandiosas e multicoloridas, vegetação preservada e um filete de água que dá um charme extra.

    lugares para acampar sao thome das letras

    Lugares para acampar no Sul do Brasil

    Santa Catarina

    13. Praia do Ferrugem – Garopaba

    Acampar na Praia do Ferrugem é uma das melhores experiências para fazer na pequena cidade de Garopaba. Esse belo lugar tem águas azuis e areia branquinha, onde você pode montar a barraca e relaxar apreciando a natureza. Se estiver com um tempinho sobrando, não deixe de conhecer outras praias bonitas de Garopaba, como a Praia do Rosa.

    lugares para acampar praia do ferrugem

    14. Lagoinha do Leste – Florianópolis

    Florianópolis não decepciona quando o assunto são belas paisagens. Para conferir um pouco da beleza que está guardada na cidade catarinense, você pode fazer a trilha da Lagoinha do Leste e acampar por lá mesmo. A vista é incrível e surpreendente, ideal para curtir o nascer e pôr do sol.

    lugares para acampar lagoinha do leste

    15. Praia das Laranjeiras – Balneário Camboriú

    Uma das principais atrações de Balneário Camboriú, a Praia das Laranjeiras tem um clima tranquilo e uma paisagem exuberante. Se for acampar na praia, fique tranquilo para passar vários dias no local. Afinal, ao longo de toda a costa, estão distribuídos diversos campings com infraestrutura completa.

    lugares para acampar praia das laranjeiras

    Reprodução: Pinterest

    Paraná

    16. Ilha do Mel – Baía de Paranaguá

    A vibe da Ilha do Mel vai conquistar o seu espírito aventureiro. O local é bastante rústico, sem estradas e circulação de carros. O lugar é excelente para acampar com tranquilidade. O único problema é levar os equipamentos até lá, já que o acesso principal é por meio da barca que parte de Paranaguá.

    lugares para acampar ilha do mel

    Rio Grande do Sul

    17. Pico do Monte Negro – São José dos Ausentes

    O Pico do Monte Negro está a 1.410 metros de altitude, o ponto mais alto do estado do Rio Grande do Sul. Essa geografia privilegiada permite conferir um cenário digno de cinema. Os grandiosos Cânions do Monte Negro chamam a atenção por sua grandiosidade com silêncio absoluto capaz de renovar as energias.

    lugares para acampar pico do monte negro

    18. Parque da Cachoeira – Canela

    Como o próprio nome já diz, o Parque da Cachoeira tem diversas quedas d’águas de todos os tamanhos e formatos, uma mais bonita que a outra. O lugar tem trilhas de todas as intensidades e passeios de quadriciclo. O único ponto negativo é que os ingressos podem ser um pouco altos.

    lugares para acampar parque das cachoeiras

    Lugares para acampar na região Centro-Oeste do Brasil

    Mato Grosso do Sul

    19. Serra da Bodoquena – Pantanal

    Situada no sudoeste do Complexo do Pantanal, a Serra da Bodoquena é famosa por seu conjunto paisagístico de beleza inusitada. Além de ser um excelente lugar para acampar, a Bodoquena oferece muitas possibilidades para conhecer a flora brasileira. Quando for encarar a aventura, use roupas resistentes e calçados confortáveis.

    lugares para acampar Serra da Bodoquena

    Goiás

    20. Chapada dos Veadeiros

    A Chapada dos Veadeiros abriga as principais belezas do estado de Goiás: rios cristalinos, cachoeiras com mais de 100 metros, paredões de pedra e, claro, muitos lugares para acampar. Para aqueles que desejam fazer as trilhas sem carregar muito peso, vale a pena conferir os campings que estão espalhados pela região.

    lugares para acampar chapada dos veadeiros

    21. Alto Paraíso de Goiás

    Também localizado na Chapada do Veadeiros, Alto Paraíso de Goiás mistura um clima místico com belas paisagens. A cidade atrai turistas do mundo todo, que vão em busca da natureza bem preservada, ecoturismo e espiritualidade, para os interessados. Além de ser um ótimo lugar para acampar, a cidade pode ser a porta de entrada para outros passeios da Chapada.

    lugares para acampar alto paraiso de goias

    Lugares para acampar no Nordeste do Brasil

    Bahia

    22. Cumuruxatiba, Prado

    Quem conhece sabe que a Bahia tem as paisagens mais lindas do Brasil. Em Cumuruxatiba, é possível encontrar verdadeiros paraísos para acampar e desfrutar de ótimos momentos. Se você é fã de praia, não deixe de montar sua barraca em alguma praia deserta da região, como a Praia do Pier.

    lugares para acampar Cumuruxatiba

    23. Ilha de Tinharé

    Entre os lugares para acampar na Bahia, a Ilha de Tinharé ganha disparado quando o assunto é paisagens de perder o fôlego. O local é perfeito para fugir da rotina e relaxar com tranquilidade. Há diversos campings espalhados pela região, seja para aqueles vão viajar sozinhos, seja para quem vai com os amigos.

    lugares para acampar ilha do tinhare

    24. Reserva da Sapiranga – Mata de São João

    Localizada no município de Mata de São João, a Reserva de Sapiranga é o destino perfeito para os campistas apaixonados por ecoturismo e turismo de aventura. Além da grande variedade de atrações, a Reserva tem localização privilegiada – ela está a apenas dois quilômetros da Praia do Forte e a 80 de Salvador.

    lugares para acampar Reserva da Sapiranga

    25. Morro do Pai Inácio – Palmeiras

    A 1.120 metros de altura, o Morro do Pai Inácio ajuda a compor o cenário deslumbrante da Chapada Diamantina. Lá de cima, a vista panorâmica impressiona qualquer um. Se quiser embarcar em outras aventuras, vale a pena conferir os morros vizinhos e as cachoeiras com mais 400 metros de altura.

    lugares para acampar morro do pai inacio

    Alagoas

    26. Japaratinga – Costa dos Corais

    É quase impossível falar do turismo nordestino sem citar as belas praias do Alagoas. Japaratinga, por exemplo, chama atenção por sua água azul cristalina e clima tranquilo perfeito para curtir bons momentos e ainda pegar um bronzeado. O que não falta na região são campings com infraestrutura completa e ambiente agradável.

    lugares para acampar jarapatinga

    Maranhão

    27. Atins – Barreirinhas

    Atins é uma vila pequena com cara de interior. As estradas são de areia fofa e as construções, antigas. O charme desse lugar cativa qualquer viajante, até mesmo os mais exigentes. Se for acampar por lá, não deixe de escolher um camping ou ponto bem localizado, perto de alguma praia ou do centro.

    lugares para acampar atins

    Lugares para acampar na região Norte do Brasil

    Amazonas

    28. Serra do Aracá – Barcelos

    Nas montanhas do Amazonas, está a Serra do Aracá e suas incríveis belezas naturais. É nesse lugar que está a segunda maior cachoeira do Brasil: El Dorado – com 360 metros de altura. As montanhas da Serra do Aracá são gigantescas e ainda pouco exploradas, algo que torna o lugar único.

    lugares para acampar el dorado

    Reprodução: Pinterest

    29. Pico da Neblina – Serra do Imeri

    O Pico da Neblina é o pico mais alto do Brasil, com 3.014 metros. Para acampar nesse lugar, é preciso entender que o desafio não é fácil. A caminhada, que começa em Manaus, é longa e exaustiva. Ao longo do trajeto, os aventureiros vivem diversas experiências que, com certeza, ficam eternizadas na memória de quem as vive.

    lugares para acampar pico da neblina

    Pará

    30. Floresta Nacional dos Tapajós – Belterra

    Se você procura um camping selvagem, a Floresta Nacional dos Tapajós tem rios, lagos, morros, planaltos e florestas densas. São mais de 500 hectares de terra distribuídos em quatro municípios do Pará. Se for acampar nessa imensa floresta, não deixe de tirar uma foto com a samaúma, a árvore mais alta do Amazonas.

    Reprodução: Pinterest

    Agora que você já sabe os melhores lugares para acampar no Brasil, é hora de embarcar em uma aventura inesquecível! Gostou de algum lugar que está longe de você? Não tem problema! Basta comprar as passagens aéreas no site do ViajaNet para chegar ao destino que deseja. Confira já as condições especiais de pagamento e organize seu acampamento!

    « Older posts

    Copyright © 2015 Blog do ViajaNet - Todos os direitos reservados

    Topo ↑