Tag: viajar sozinho

13 lugares para viajar sozinho

Viajar sozinho é uma das experiências mais incríveis que se pode ter. Se você planeja ganhar o mundo, mas ainda tem dúvidas sobre qual destino escolher, se liga nestas dicas do ViajaNet e escolha algum dos 13 lugares para viajar sozinho que separamos.

viajar sozinho

Se você está aberto a experiências diferentes e sente vontade de viajar sozinho pela primeira vez, não tenha receio de comprar passagens aéreas e embarcar em um avião para um destino totalmente novo. A alternativa de viajar sozinho vem ganhando muitos adeptos, sendo uma grande chance de viver novas descobertas, aprender novos costumes, sair de sua zona de conforto e, principalmente, a chance de apreciar a própria companhia. Conheça os melhores lugares para viajar sozinho no Brasil e no mundo.

Lugares para viajar sozinho no Brasil

1. Ouro Preto – Minas Gerais

cidade de Ouro Preto no estado de Minas Gerais

Andar pelas ruas de pedra e conhecer as construções em estilo colonial de Ouro Preto é como fazer uma pequena viagem no tempo. Viajar sozinho para essa cidade mineira é a oportunidade de visitar edifícios seculares, igrejas com decorações cobertas de ouro e conhecer patrimônios históricos da humanidade. A cidade é repleta de passeios culturais e paisagens lindíssimas, mas, se você estiver atrás de agito, a noite apresenta festas animadíssimas e restaurantes que oferecem a típica comida mineira.

2. Porto Seguro – Bahia

Cidade de Porto Seguro no estado da Bahia

Talvez a mais animada e receptiva cidade da Bahia, Porto Seguro recebe de braços abertos os visitantes que escolhem a cidade como destino das férias ou apenas para passar um fim de semana. É um dos melhores lugares para viajar sozinho no Brasil por você nunca se sentir realmente sozinho na cidade. Há muitas opções de entretenimento em Porto Seguro para todos os gostos. Se você gosta de natureza e belíssimas paisagens, visite a Praia do Espelho e a paradisíaca Ilha de Santo André. Se procura agitação, corra até a passarela do álcool e os complexos de lazer presentes nas orlas das praias.

3. Bonito – Mato Grosso do Sul

Bonito - Mato Grosso do Sul

Se você gosta de turismo ligado à natureza, a cidade sul-mato-grossense é ideal para curtir matas, rios e lagos cristalinos em um dos destinos mais bonitos do Brasil – com o perdão do trocadilho. O balneário de água doce de Bonito é um dos locais prediletos dos amantes da natureza, e a infraestrutura da cidade está perfeitamente preparada para receber você. A maior atração da cidade com certeza é a Gruta da Lagoa Azul, e muitos hotéis e pousadas com preços justíssimos convidam turistas a conhecer a belíssima paisagem.

4. Florianópolis – SC

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Florianópolis

Florianópolis – em especial a Ilha de Florianópolis – é um destino delicioso para curtir sozinho. Ali é possível aproveitar as lindas praias da região, a aconchegante Lagoa da Conceição, além de dispor de uma ampla variedade de bares e restaurantes.
Durante o verão, os pontos turísticos de Florianópolis são bastante movimentados, uma boa opção de viagem caso você deseje fazer amizades durante a sua estadia.

5. Capitólio – MG

Lugares para viajar sozinho no Brasil

Capitólio é um lugar repleto de incríveis cachoeiras e belezas naturais magníficas.
Além de se banhar nas exuberantes cachoeiras locais, também é possível fazer trilhas e passeios de barco.
Se você se sente exausto com a rotina que tem levado, Capitólio é o lugar perfeito para recarregar as energias após longos períodos de estresse.

6. Jijoca de Jericoacoara – CE

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Jijoca de Jericoacoara

Jijoca de Jericoacoara, no Ceará, tem uma das praias mais bonitas do litoral do Nordeste.
Esse município é um ótimo lugar para alternar entre relaxar na belíssima praia de Jericoacoara e viver uma vida noturna animada, especialmente durante o verão, quando o município recebe a maior quantidade de visitantes.

7. Chapada Diamantina – BA

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Chapada da Diamantina

A Chapada Diamantina é uma região repleta de atividades para serem realizadas na natureza, como trilhas, visita a grutas e nadar em rios.
É um ótimo destino para quem quer aproveitar magníficas belezas naturais enquanto exercita o corpo.

8. Bonito – MS

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Bonito

Em Bonito, assim como na Chapada Diamantina, é possível aproveitar as belezas naturais e realizar diversas atividades, como mergulho e visita a grutas.
Bonito também é uma região conhecida por sua rica culinária local, composta, principalmente, por frutos do mar.

9. Campos do Jordão – SP

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Campos do Jordão

Se você está em busca de um destino para visitar sozinho no inverno e fazer uma curta estadia, Campos do Jordão é uma ótima opção.
Esse município do interior de SP é repleto de construções com influências arquitetônicas alemãs, que tornam a cidade ainda mais acolhedora.
Na região, é possível fazer um passeio no teleférico e se deliciar em diversos restaurantes disponíveis no centro da cidade.

10. Poços de Caldas – MG

Lugares para viajar sozinho no Brasil - Poços de caldas

Reprodução: Pinterest

Poços de Caldas é um dos municípios brasileiros em que há águas termais, conhecidas por suas comprovadas propriedades medicinais e por proporcionar relaxamento a quem se banha nelas.
É uma ótima opção para visitar caso esteja em busca de locais para visitar no inverno que possam lhe proporcionar relaxamento.

Com o destino certo, viajar sozinho também pode render diversos momentos incríveis e prazerosos, além de possibilitar que você tenha poder total de decisão sobre o que fará durante a viagem. Com auxílio da nossa lista, escolher os melhores lugares para viajar sozinho no Brasil se tornou uma tarefa ainda mais fácil. Escolha o seu próximo destino!

Quer viajar pagando menos? Conheça os melhores lugares para viajar no Brasil com o ViajaNet e viaje com economia e praticidade. Confira os valores das passagens aéreas e dos pacotes de viagens disponíveis no ViajaNet e surpreenda-se.

Lugares para viajar sozinho no exterior

11. Vancouver – Canadá

Vancouver - Canadá

Um dos melhores lugares para viajar sozinho no exterior, Vancouver já foi eleita por duas vezes a melhor cidade do mundo para viver. É uma metrópole que possui muitas coisas para se fazer e conhecer. Bons bares, cafés e restaurantes, galerias de arte, casas de show, lojas e museus. Vancouver é uma das cidades mais diversificadas do Canadá, sendo uma ótima alternativa para conhecer durante a primavera, quando os muitos parques locais estão abertos e floridos, ou no inverno, quando as montanhas que cercam a metrópole viram o point principal de praticantes de esqui e snowboard.

12. Santiago – Chile

Santiago - Chile

Santiago oferece roteiros fáceis e tranquilos de fazer. É possível visitar um museu de história inca pela manhã, uma montanha nevada à tarde e um bairro boêmio à noite. A variedade de opções de lazer na cidade faz com que a capital do Chile seja um dos melhores destinos para viajar sozinho na América do Sul. A simpatia e a solicitude do povo chileno também merecem destaque – logo que chega na cidade andina, você é acolhido como se estivesse em casa.

13. Halong Bay – Vietnã

Halong Bay - Vietnã

Prepare-se para conhecer um destino totalmente diferente de tudo o que você já viu. Halong Bay é uma pequena cidade do Vietnã que se tornou uma das sete maravilhas da natureza, graças ao seu mar verde-esmeralda e às milhares de ilhotas calcárias que “brotam” das águas cristalinas. Além da belíssima paisagem natural, Halong Bay apresenta ao viajante a cultura e um modo de vida totalmente diferente dos costumes ocidentais. É preciso estar muito aberto às novas experiências para entrar em contato com o jeito vietnamita de ser. Sem dúvidas, um destino imperdível.

Para conhecer esses e outros locais do mundo, confira nossas ofertas em passagens aéreas internacionais e fique de olho no Blog do ViajaNet para mais dicas incríveis!

8 dicas para quem vai viajar sozinho pela primeira vez

Todo mundo deveria viajar sozinho ao menos uma vez na vida. Afinal, muito mais do que conhecer um lugar diferente, essa experiência promove uma série de aprendizados e também a oportunidade de autoconhecimento, além de autonomia para que você tome suas próprias decisões. Aqui, no blog, já falamos sobre coisas que só se aprende viajando sozinho. Agora, daremos algumas dicas para quem está planejando viajar sozinho pela primeira vez. Confira!

 

viajar sozinho pela primeira vez

Como viajar sozinho pela primeira vez

Não há como seguir um manual ou regras prontas para viajar sozinho pela primeira vez, afinal, esse é um momento exclusivamente seu e que você terá a oportunidade de fazer aquilo que tiver vontade.
É claro que elaborar um roteiro básico para aproveitar o tempo é uma boa pedida, mas não leve isso tão à risca, o que importa mesmo é viver intensamente a experiência. Planejar a viagem reservando as passagens aéreas e a hospedagem com antecedência é uma boa opção para colocar o pé na estrada com tranquilidade e economizar, aproveitando os melhores preços.

1. Escolha da hospedagem

No momento de definir a sua hospedagem, leve em conta os seus objetivos e necessidades. Para quem está pensando em viajar sozinho, mas deseja conhecer pessoas novas, por exemplo, um hostel é a melhor opção. Para aqueles que priorizam o aconchego e desejam um espaço mais reservado, um hotel ou pousada pode ser a escolha certa.

2. Leve mais dinheiro do que você precisa

A maioria das pessoas pesquisa sobre os custos no destino para definir a quantidade de dinheiro que precisará levar. Porém, é importante levar um pouco mais de dinheiro do que o planejado e garantir pelo menos duas fontes financeiras, isto é, dinheiro em espécie e, também, um cartão de crédito para emergências. Afinal, imprevistos podem acontecer em qualquer lugar.

3. Informe aos parentes e aos amigos detalhes de sua viagem

Viajar sozinho é sinônimo de independência e autonomia, mas algumas medidas de segurança são fundamentais. Por isso, informe aos seus parentes e amigos o seu destino, onde você ficará hospedado e quantos dias ficará fora. Assim, as pessoas poderão te encontrar, caso precisem.

4. Atenção especial com as suas bagagens

Evite levar muitas malas em sua viagem. Uma pequena bagagem pode ser o suficiente para que você não tenha transtornos durante o tempo em que estiver fora. Priorize a bagagem de mão para levar objetos de valor – isso ajuda a evitar mais transtornos em caso de extravio dos seus pertences. Em nosso blog você pode conferir detalhadamente o que pode levar na bagagem de mão.

5. Leve comprovantes e cópias dos seus documentos pessoais

Leve seus comprovantes de reserva com você. Outra medida de segurança é tirar cópias dos seus documentos e do seu passaporte para casos de perda. Para ficar ainda mais protegido, é legal deixar as cópias dos seus documentos disponíveis em seu e-mail.

6. Converse com locais

A melhor forma de conhecer bem uma região é conversando com pessoas que realmente a conhecem. Por isso, não tenha vergonha de fazer perguntas e pedir sugestões de lugares para visitar, assim, você fará amizades e não se sentirá sozinho.

7. Faça caminhadas pela cidade

Passeios a pé são perfeitos para aproveitar bem os lugares e conhecer detalhes que a região reserva. Se perca pelas ruas, visite lugares inusitados, tire muitas fotografias e registre esse momento único.

8. Com quantos anos pode viajar sozinho?

A partir dos 18 anos de idade, é possível viajar sozinho sem restrições. Menores de 12 anos até a maioridade também podem embarcar sozinhos, no entanto, devem apresentar uma autorização assinada por seus responsáveis com firma reconhecida em cartório.
Para os menores de idade, no entanto, o ideal mesmo é optar por um intercâmbio, que é uma oportunidade segura para crianças e adolescentes que desejam conhecer novas culturas e aprender novos idiomas. Hoje em dia, existem oportunidades de viagens de férias, e as crianças estarão sempre em contato com profissionais especializados.

A aventura de viajar sozinho pela primeira vez começa desde o momento em que você tomou essa decisão. Por isso, não tenha medo! Aproveite ao máximo esse momento, tenha coragem e divirta-se! Você já tem tudo o que precisa para tornar essa viagem inesquecível: determinação, força de vontade e desejo de viver novas experiências.

5 coisas que você só vai aprender quando viajar sozinho

Muita gente ainda olha com receio para a possibilidade de viajar sozinho. Comprar passagens aéreas para um local desconhecido e embarcar numa aventura às cegas pode parecer um bicho de sete cabeças… Mas não é!

A ideia vem crescendo muito nos últimos tempos, e viajar sozinho vem se tornando um costume de muitas pessoas que preferem uma viagem de baixo custo e de contato consigo mesmo. Porém, para onde viajar sozinho nas férias? Deve-se escolher sabiamente o destino, ter uma certa familiaridade com o idioma e, sem dúvidas, deve-se estar aberto para conhecer novas coisas e pessoas. Viajar na baixa temporada é perfeito para uma viagem mais acessível e barata.

Confira cinco coisas que você só aprende quando viaja sozinho.

5 coisas que você só vai aprender quando viajar sozinho

Sair de sua zona de conforto

Não há nada melhor que se jogar de cabeça em uma cultura diferente e aprender costumes que você nem sequer sabia que existiam. Sentar-se no chão e comer de hashi com budistas no Tibete ou andar a camelo pelo meio do deserto do Sinai são experiências que desconstroem qualquer tipo de conceito predefinido que você tinha. Explorar o desconhecido é um convite para fazer coisas que normalmente você não faria. Sua mente deixa de criar ideias daquilo que não conhece para descobri-las por si mesma.

Liberdade de destino

Às vezes o seu companheiro não vai conseguir folga no mesmo dia que você, sua família estará ocupada ou seus amigos não têm dinheiro para acompanhá-lo. E qual é o problema disso? Ser um viajante solo dá a você a possibilidade de se jogar no mundo sem medo nenhum, ir ao aeroporto comprar passagens e viajar de última hora, escolhendo qualquer destino de sua preferência.

Viagem para interior

Absorção de cultura

Por estar sozinho, você se torna muito mais aberto às coisas que acontecem no ambiente visitado. Sem medo e sem receios de julgamento, acaba se tornando muito mais fácil comer aquela comida exótica que você não faz ideia do que é feita ou se envolver em uma dança típica e animada – as possibilidades são infinitas.

Aprender outras línguas

Mesmo que você tenha domínio do idioma do país que está visitando, não há nada melhor que entrar em contato com a língua direto na fonte. Falar com as pessoas do país de origem ensina mais do que qualquer dicionário e aplicativo de tradução. Mesmo que viaje para um país em que não entende nada que dizem, você acabará aprendendo durante o tempo da estadia, tornando a experiência mais proveitosa e viva.

Contemplação

A solidão deve ser vista como uma coisa boa. Viajar sozinho é a chance de descobrir a vida de um modo novo e se encontrar em algum lugar do mundo. Abre a possibilidade de poder repor suas energias perdidas com o dia a dia e proporciona um tempo de aprendizado particular. Um tempo sozinho e longe da rotina traz reflexões e renovação.

Copyright © 2015 Blog do ViajaNet - Todos os direitos reservados

Topo ↑