Todo mundo deveria viajar sozinho ao menos uma vez na vida. Afinal, muito mais do que conhecer um lugar diferente, essa experiência promove uma série de aprendizados e também a oportunidade de autoconhecimento, além de autonomia para que você tome suas próprias decisões. Aqui, no blog, já falamos sobre coisas que só se aprende viajando sozinho. Agora, daremos algumas dicas para quem está planejando viajar sozinho pela primeira vez. Confira!

 

viajar sozinho pela primeira vez

Como viajar sozinho pela primeira vez

Não há como seguir um manual ou regras prontas para viajar sozinho pela primeira vez, afinal, esse é um momento exclusivamente seu e que você terá a oportunidade de fazer aquilo que tiver vontade.
É claro que elaborar um roteiro básico para aproveitar o tempo é uma boa pedida, mas não leve isso tão à risca, o que importa mesmo é viver intensamente a experiência. Planejar a viagem reservando as passagens aéreas e a hospedagem com antecedência é uma boa opção para colocar o pé na estrada com tranquilidade e economizar, aproveitando os melhores preços.

1. Escolha da hospedagem

No momento de definir a sua hospedagem, leve em conta os seus objetivos e necessidades. Para quem está pensando em viajar sozinho, mas deseja conhecer pessoas novas, por exemplo, um hostel é a melhor opção. Para aqueles que priorizam o aconchego e desejam um espaço mais reservado, um hotel ou pousada pode ser a escolha certa.

2. Leve mais dinheiro do que você precisa

A maioria das pessoas pesquisa sobre os custos no destino para definir a quantidade de dinheiro que precisará levar. Porém, é importante levar um pouco mais de dinheiro do que o planejado e garantir pelo menos duas fontes financeiras, isto é, dinheiro em espécie e, também, um cartão de crédito para emergências. Afinal, imprevistos podem acontecer em qualquer lugar.

3. Informe aos parentes e aos amigos detalhes de sua viagem

Viajar sozinho é sinônimo de independência e autonomia, mas algumas medidas de segurança são fundamentais. Por isso, informe aos seus parentes e amigos o seu destino, onde você ficará hospedado e quantos dias ficará fora. Assim, as pessoas poderão te encontrar, caso precisem.

4. Atenção especial com as suas bagagens

Evite levar muitas malas em sua viagem. Uma pequena bagagem pode ser o suficiente para que você não tenha transtornos durante o tempo em que estiver fora. Priorize a bagagem de mão para levar objetos de valor – isso ajuda a evitar mais transtornos em caso de extravio dos seus pertences. Em nosso blog você pode conferir detalhadamente o que pode levar na bagagem de mão.

5. Leve comprovantes e cópias dos seus documentos pessoais

Leve seus comprovantes de reserva com você. Outra medida de segurança é tirar cópias dos seus documentos e do seu passaporte para casos de perda. Para ficar ainda mais protegido, é legal deixar as cópias dos seus documentos disponíveis em seu e-mail.

6. Converse com locais

A melhor forma de conhecer bem uma região é conversando com pessoas que realmente a conhecem. Por isso, não tenha vergonha de fazer perguntas e pedir sugestões de lugares para visitar, assim, você fará amizades e não se sentirá sozinho.

7. Faça caminhadas pela cidade

Passeios a pé são perfeitos para aproveitar bem os lugares e conhecer detalhes que a região reserva. Se perca pelas ruas, visite lugares inusitados, tire muitas fotografias e registre esse momento único.

8. Com quantos anos pode viajar sozinho?

A partir dos 18 anos de idade, é possível viajar sozinho sem restrições. Menores de 12 anos até a maioridade também podem embarcar sozinhos, no entanto, devem apresentar uma autorização assinada por seus responsáveis com firma reconhecida em cartório.
Para os menores de idade, no entanto, o ideal mesmo é optar por um intercâmbio, que é uma oportunidade segura para crianças e adolescentes que desejam conhecer novas culturas e aprender novos idiomas. Hoje em dia, existem oportunidades de viagens de férias, e as crianças estarão sempre em contato com profissionais especializados.

A aventura de viajar sozinho pela primeira vez começa desde o momento em que você tomou essa decisão. Por isso, não tenha medo! Aproveite ao máximo esse momento, tenha coragem e divirta-se! Você já tem tudo o que precisa para tornar essa viagem inesquecível: determinação, força de vontade e desejo de viver novas experiências.