Não perca mais tempo e comece a planejar a sua viagem para Salvador com esse guia completo, que conta com as melhores opções para você ter uma experiência inesquecível nessa cidade!

Fonte: Wikimedia

Você tem vontade de conhecer um dos melhores lugares para viajar no Brasil e se pergunta sobre o que fazer em Salvador? Qual hotel se hospedar? O que comer? Onde ir?

Com esse guia completo de viagens, ficará muito mais fácil planejar a sua viagem para essa cidade cheia de cores, culinárias diversificadas e um povo tão receptivo.

O Viajanet preparou para você uma lista completa de lugares para conhecer, com os prós e contras de cada um dos pontos turísticos, além de outras curiosidades sobre a cidade.

Você vai saber tudo o que é necessário para conhecer Salvador e pode fazer isso consultando o índice a seguir.

Fonte: Wikimedia

Guia sobre Salvador

O que fazer em Salvador?
Ilha dos Frades
Pelourinho
Casa do Rio Vermelho
Praia do Porto da Barra
Praia Farol da Barra
Praia do Flamengo
Igreja e Convento de São Francisco
Igreja de Nosso Senhor do Bonfim
Ponta de Humaitá
Arena Fonte Nova
Vida noturna em Salvador
Salvador: onde ficar? Veja os melhores hotéis da cidade
Culinária baiana: conheça os melhores pratos de Salvador
Temperatura em Salvador: saiba qual a melhor época para viajar
Aeroportos mais próximos da cidade
Passagens aéreas para Salvador

 

Fonte: Wikimedia

O que fazer em Salvador?

Salvador é uma cidade repleta de opções para passeios, desde as lindas praias, até o centro cultural e histórico, que conta com diversas igrejas e é inclusive, considerada um dos melhores lugares para viajar no Nordeste.

Esse é um destino que oferece diversas opções para os turistas. Confira a seguir quais os dez principais pontos turísticos da cidade, com os seus respectivos prós e contras.

1. Ilha dos Frades

A Ilha dos Frades está localizada na Baía de Todos os Santos, um verdadeiro paraíso que está muito próximo a Salvador.

Para conhecer essa ilha, é necessário dirigir cerca de 1 hora e 20 minutos, até o Terminal Marítimo Madre de Deus e, após isso, basta pegar um barco que leva por volta de 20 minutos para chegar até a Baía de Todos os Santos, especificamente na Ilha dos Frades, que possui mais de 5 Km de extensão.

Prós: um dos principais prós dessa ilha é a qualidade da água, que é cristalina, possui uma temperatura agradável e bastante convidativa, ideal para mergulhos com snorkel e para banhos.

Contras: alguns turistas reclamaram de uma aglomeração para entrar na ilha, além do preço médio da passagem de barco para chegar ao local, que costuma ser geralmente R$ 60,00.

 

Fonte: Flickr

2. Pelourinho

Popularmente conhecido como “Pelô”, o Pelourinho está localizado no coração do Centro Histórico de Salvador e possui, como principal característica, um chão coberto por paralelepípedos.

Esse lugar é formado por um conjunto arquitetônico colonial e é considerado parte integrante do Patrimônio Histórico das Nações Unidas.

Popular entre turistas e moradores, o Pelô é uma verdadeira referência, sempre conectada a cidade de Salvador.

Prós: o lugar oferece uma variedade de restaurantes e comércios com artesões locais, que vendem peças de artesanatos que representam a cultura baiana.

Contras: muitos turistas relatam que é preciso tomar cuidado com a sua própria segurança pessoal durante o passeio pelo Pelourinho.

Fonte: Wikipédia

3. Casa do Rio vermelho

A Casa do Rio vermelho é na verdade, um grande memorial em homenagem a dois grandes escritores brasileiros: Jorge Amado e Zélia Gattai. Essa casa guarda memórias desses dois autores e valoriza a literatura nacional, enaltecendo a cultura brasileira.

Prós: esse museu conta com uma estrutura completa e possui uma loja que vende souvenirs, além de um café com opções deliciosas.

Contras: alguns visitantes reclamam da falta de guias para orientação durante a visita.

Fonte: Wikipédia

4. Praia do Porto da Barra

A praia do Porto da Barra é uma das mais frequentadas em Salvador, pois possui ondas calmas, uma água com temperatura bastante agradável, além de uma vista para o pôr do sol de tirar o fôlego.

Prós: essa praia é excelente para relaxar e aproveitar tudo o que é oferecido pelos comerciantes locais, principalmente as opções de gastronomia.

Contras: muitos visitantes reclamam dos preços altos cobrados nas barracas e quiosques da praia.

Fonte: Wikimedia Commons

5. Praia Farol da Barra

Essa praia é conhecida por possuir um farol, como o próprio nome sugere. Esse farol é usado por muitos turistas para fotos e ainda é possível mergulhar em piscinas naturais quando a maré está baixa.

Prós: a localização da praia é excelente, pois ela fica bem no centro de Salvador, o que facilita bastante a visita.

Contras: muitos turistas reclamam sobre a movimentação na praia, que é muito grande e com pouco espaço para ficar, devido a faixa de areia que é curta.

Fonte: Flickr

6. Praia do Flamengo

Assim como quase todas as praias do Nordeste, a Praia do Flamengo possui uma paisagem lindíssima e ideal para fotos, além de águas transparentes, com uma temperatura bastante convidativa.

Prós: a estrutura da praia é ótima para receber turistas, possui estacionamento facilitado, quiosques que oferecem guarda-sóis e cadeiras de graça ou com preços acessíveis.

Contras: as ondas desse mar são mais agitadas, por isso, ela é ideal para adultos e não muito recomendada para crianças.

Fonte: Wikimedia Commons

7. Igreja e Convento de São Francisco

A Igreja e o convento de São Francisco são consideradas as mais antigas construções da cidade de Salvador. Construídas no século 17 e 18, esses lugares são verdadeiros símbolos que contam a história da cidade.

Prós: a igreja possui um interior muito bem conservado, construída com detalhes ricos em ouro que enaltecem ainda mais a estrutura interna do local, baseada no estilo barroco.

Contras: alguns visitantes reclamam sobre a falta de guias para conduzir a visita na igreja, além da taxa cobrada para a entrada.

Fonte: Wikipédia

8. Igreja de Nosso Senhor do Bonfim

Essa igreja é uma das maiores referências do catolicismo em Salvador. Conhecida pelas famosas fitinhas do Senhor do Bonfim, muitos turistas costumam visitar esse lugar e enfeitar os braços, fazendo promessas e renovando a fé.

Prós: a igreja é excelente para fotos, pois há uma colina na parte externa que é repleta de fitinhas do Bonfim coloridas. Vale a pena também assistir uma missa, para sentir a energia do ambiente.

Contras: os ambulantes que vendem as fitinhas costumam tumultuar a entrada da igreja, o que pode causar incômodo.

Fonte: Wikimedia

9. Ponta de Humaitá

A ponta de Humaitá é um dos lugares mais charmosos de Salvador. Localizada no extremo sul da península de Itapagipe, esse belíssimo lugar possui um farol e um píer recentemente reformado, que garante lindas fotos e uma acomodação segura e apropriada para os visitantes.

Prós: vale muito a pena visitar a ponta de Humaitá, principalmente durante o pôr do sol, pois a vista do lugar é ainda mais privilegiada.

Contras: o lugar possui poucas opções de restaurantes, o que dificulta a visita, ainda mais se você pretende ficar o dia todo.

Fonte: Flickr

10. Arena Fonte Nova

Se você gosta de futebol, não pode deixar de incluir no seu roteiro de viagens a Arena Fonte Nova, que é palco de seleções clássicas em Salvador, como o time Bahia. O estádio possui uma ótima infraestrutura e iluminação, além de um estacionamento disponível para os visitantes.

Prós: a Arena conta com guias que compartilham a história do local, guiando os visitantes para conhecer toda a estrutura do espaço.

Contras: os preços gastos com alimentação e estacionamento, foram motivo de reclamação para muitos turistas.

Fonte: Flickr

Vida noturna em Salvador

A vida noturna em Salvador é repleta de sabores e cores. Existem muitas opções de passeios, que envolvem a cultura baiana e principalmente a culinária.

Você pode se aventurar e assistir algum festival ou evento em um dos teatros da cidade, como o Teatro Vila Velha ou o Castro Alves. Ainda há a opção de, simplesmente, frequentar um restaurante e saborear os frutos do Mar e a culinária local, típica de Salvador, disponível no Restaurante Barra Vento, por exemplo.

Fonte: Wikipédia

Salvador: onde ficar? Veja os melhores hotéis da cidade

Existem diversas opções de lugares para se hospedar em Salvador e escolher uma opção que ofereça um ótimo custo-benefício é essencial.

Um dos hotéis mais bem avaliados é o Fiesta Bahia Hotel, que possui, segundo os visitantes, uma ótima infraestrutura, que conta com uma piscina, sauna, café da manhã exclusivo, serviço de quarto e uma excelente localização.

Outra ótima opção para se hospedar na cidade é o Novotel Salvador Hangar, que fica muito próximo ao Aeroporto Internacional de Salvador e possui uma infraestrutura bastante ampla, com bar Lounge, piscina, serviço de quarto e uma academia bastante completa.

Agora, se você está procurando por um hotel que oferece um preço mais acessível, pode se hospedar no Hostel Torre, por exemplo. Esse hostel possui uma ótima localização, fica cerca de 5 minutos de distância do centro histórico da cidade e do famoso Pelourinho.

Fonte: Pixabay

Culinária baiana: conheça os melhores pratos de Salvador

A culinária baiana é influenciada, principalmente, por duas nações: África e Portugal.

É uma gastronomia marcada pelo uso do azeite de dendê, pimenta, leite de coco, gengibre, temperos e vários outros pratos muito característicos, como a moqueca, o vatapá e o acarajé.

O xinxim de galinha é um prato muito característico, que é preparado com frango, gengibre, castanha de caju e amendoim.

Por mais que pareça ser uma combinação inusitada, o gosto desse prato é aprovado pela população de Salvador, uma vez que esse é um dos pratos mais populares na cidade.

Se você gosta de pratos apimentados e marcantes, pode desfrutar da culinária baiana.

Mas, se você não quer arriscar tanto assim, saiba que em Salvador existem diversos tipos de restaurantes, que oferecem pratos diversos. É possível saborear desde a culinária italiana até a japonesa.

Fonte: Wikipédia

Temperatura em Salvador: saiba qual a melhor época para viajar

Por mais que pareça ser óbvio que em Salvador faz calor o ano inteiro, é possível destacar que existe uma época ideal para conhecer a cidade.

A temperatura na cidade, costuma variar entre 20ºC à 31ºC, raramente ultrapassando esses valores.

Durante o inverno, a tendência é que o clima seja morno e quase sem nuvens no céu.

Já no verão, a tendência é que o clima fique ainda mais quente e que apresente nuvens carregadas, a maior parte do dia.

Por isso, viajar no verão para Salvador não é muito inteligente, pela quantidade de chuvas que costumam aumentar durante essa época e que podem prejudicar os melhores passeios da cidade: as visitas às praias.

A melhor época para conhecer a cidade é entre o início de julho e final de outubro, pois nesse período, os índices de chuva são inferiores em relação aos outros meses do ano.

Se você deseja aproveitar sua visita sem inconvenientes, escolha essa época para viajar.

Fonte: Pixabay

Aeroportos mais próximos da cidade

Salvador possui um único aeroporto principal, o Aeroporto Internacional Dep. Luís Eduardo Magalhães, conhecido pela sigla SSA/SBSV.

Este aeroporto recebe tanto voos nacionais, quanto internacionais e possui uma estrutura completa, que faz conexões inclusive com outras cidades do estado.

No entanto, é possível encontrar uma gama de outros aeroportos em diversas cidades vizinhas e conhecidas, como em Alagoinhas, que possui o aeroporto SNAQ.

Nesse sentido, é totalmente possível conhecer, além de Salvador, outras cidades da Bahia, usando a gama de aeroportos que o estado oferece.

Fonte: Wikipédia

Passagens aéreas para Salvador

E aí, ficou com vontade de planejar sua viagem para Salvador?

Então confira os pacotes de viagens especiais do Viajanet, usando uma plataforma exclusiva que mostra quais são os melhores dias para viajar, de acordo com os preços mais baratos de passagens aéreas.

Não perca mais tempo, viaje com o Viajanet!