Dono de um dos acervos mais completos do mundo, o museu nacional do Canadá merece o seu tempo e atenção durante a viagem

A imagem mostra uma das entradas do Royal Ontario Museum. Do lado esquerdo da fachada, um prédio feito de pedras claras lembra a arquitetura Vitoriana, do tempo em que o Canadá foi colonizado pela Inglaterra. Uma porta larga e um vitral transparente estão bem no meio deste edifício. Do lado direito do prédio, formas retangulares e triangulares roubam a atenção de toda a imagem: um edifício de arquitetura totalmente futurista, com pontas mirando o céu e formado totalmente por aço e espelhos. O formato do museu lembra pedaços de vidros quebrados ou cristais. À frente da imagem, uma rua vazia permite que o Museu Toronto seja visto pelos pedestres que andam na 233 Bloor St W.

(reprodução Pinterest)

O Royal Ontario Museum é o maior museu de Toronto, o maior do Canadá e um dos dez maiores do mundo. O acervo do museum Toronto conta com impressionantes 6 milhões de peças e mais de 40 galerias de arte, história e cultura de todos os cantos do mundo. Você pode ver artefatos da cultura chinesa, bem como visualizar múmias egípcias bem conservadas, fósseis enormes de dinossauros e utensílios das primeiras civilizações do Canadá.

Um pouco da história do Royal Ontario Museum

Um dos lugares para conhecer em Toronto, uma visita ao “Museu Real de Ontário” é quase que obrigatória. O museu teve suas obras iniciadas em 1912 e só foi finalizado dois anos mais tarde pelas mãos e pelas mentes de Darling e Pearson, dois dos principais arquitetos da época. Financiado pela Assembléia Legislativa canadense, que desejava criar um museu no Canadá de níveis internacionais, foi inaugurado no dia 19 de março de 1914, tendo sua fita cortada pelo Duque de Connaught, então governador geral do Canadá.

Passou por três obras de expansão durante os seus 105 anos de idade: a primeira foi realizada no ano de 1933, a segunda em 1978 e a última em 2005. Em 2007, o Royal Ontario Museum inaugurou a fachada Michael Lee-Chin Crystal, um símbolo para a Toronto do século XXI. O financiador da obra, o bilionário Michael Lee-Chin, anunciou na inauguração do novo espaço que, daquele dia em diante, o museu Toronto seria o principal destino turístico e cultural do Canadá. O que de fato se tornou realidade.

Descrição da imagem: a imagem mostra a planta do lado oeste do Museum Toronto, onde pode se ver na direita o desenho totalmente diferente e retangular da fachada de Crystal e do lado esquerdo a arquitetura tradicional Vitoriana.

(reprodução Pinterest)

Sobre o museu Toronto

O maior entre os museus em Toronto, o Royal Ontario Museum exibe arte, cultura e natureza de todo o mundo e de todos os tempos. Mais de 40 galerias e exibições temporárias podem ser vistas pelos mais de 1 milhão de visitantes anuais que escolhem o ROM para fazer turismo em Toronto.

O museu detém uma das maiores coleções de obras históricas e de arte, chegando a mais de 6 milhões de peças. As coleções fixas são divididas em seções de paleontologia, antiguidades, numismática, arte aborígene, mineralogia, zoologia, arte egípcia, arte europeia, arqueologia, ciência, geologia, arte africana e arte asiática.

Na galeria de História Natural, existe uma vasta coleção de fósseis de dinossauros, mamíferos, insetos e plantas dos períodos Cretáceo e Jurássico. Os destaques são os esqueletos do Tiranossauro Rex e do hyracotherium, um cavalo que viveu há mais de 50 milhões de anos no Hemisfério Norte.

Descrição da imagem: a imagem mostra o interior do Royal Ontario Museum, precisamente uma área de descanso. Pessoas estão sentadas em algumas poltronas no centro da imagem. O piso é de madeira e reflete as luzes do teto de vidro do museu. Nas laterais da imagem, podem ser vistas algumas peças do acervo, como um fóssil de dinossauro à esquerda e algumas esculturas e estátuas à direita. No fundo da imagem, pode ser observado um arco que leva para outro nível do museum Toronto.

(reprodução Pinterest)

O Royal Ontario Museum fica aberto de segunda a quinta-feira, das 10h às 17h30, e de sexta a domingo, das 10h às 21h30, com entradas no valor de 20 dólares canadenses. O espaço abre todos os dias do ano, exceto 25 de dezembro, dia do Natal.

Descrição da imagem: A imagem mostra uma panorâmica de cima do museu, onde ao fundo pode ser visto o lago Ontário e a Torre CN no céu. O ROM está iluminado e rouba a atenção na noite torontina.

(reprodução Pinterest)

Quer saber mais sobre o Royal Ontario Museum? Compre suas passagens para Toronto e veja com seus próprios olhos um dos maiores museus do mundo! Conte com o ViajaNet para adquirir suas passagens aéreas com preço baixo e continue no blog para mais dicas como essa!